fbpx
Universidad_de_Ciencias_Empresariales_y_Sociales
Doutorado em Saúde Pública

Processo seletivo 2021 aberto

Seja doutor em Saúde Pública por uma das maiores e melhores Universidades da Argentina - UCES

CONFIANÇA

Estude em uma das mais tradicionais Universidade da América Latina

CONFIANÇA

Estude em uma das mais tradicionais Universidade da América Latina

AULAS PRESENCIAIS

Aulas presenciais realizadas na sede da UCES em Buenos Aires

AULAS PRESENCIAIS

Aulas presenciais realizadas na sede da UCES em Buenos Aires

CORPO DOCENTE

Estude com alguns dos melhores professores América Latina.

CORPO DOCENTE

Estude com alguns dos melhores professores América Latina.

VALIDAÇÃO NO BRASIL

Revalidação simplificada o título no Brasil.

VALIDAÇÃO NO BRASIL

Revalidação simplificada o título no Brasil.

SOBRE O CURSO

INÍCIO

Janeiro / 2021

MESTRADO

Ingresso sem necessidade de mestrado

INVESTIMENTO

Sob consulta

O CURSO

O Doutorado em Saúde Pública tem como escopo contribuir para a formação de recursos humanos que contribuam para a investigação científica e a geração de conhecimento na área da Saúde Coletiva. Pretende-se, assim, contribuir para o avanço da ciência, para a abordagem das questões que a nossa sociedade suscita ao nível da Saúde Pública e para a reflexão de novas soluções para as mesmas.

As menções propostas estão vinculadas ao objetivo institucional de orientar a pesquisa e a produção da carreira para problemas de grande relevância estratégica, tanto para a instituição como para a sociedade argentina. A orientação em epidemiologia inclui -em seu objetivo de estudo- a saúde superando a noção de doença, para enquadrar o fenômeno no quadro de uma multiplicidade de fatores concomitantes à existência de patógenos e à determinação de seus vetores, e considerando que Não é apenas um campo de conhecimento, mas também um campo de prática, que permeia todas as instituições da sociedade.

A menção em Sistemas e Serviços de Saúde buscará nortear a produção de conhecimento no sentido de compreender as mudanças nos diferentes sistemas e serviços de saúde no marco das repercussões das políticas públicas de saúde, bem como considerando aspectos jurídicos, antropológicos, sociológico, filosófico ou econômico.

 

Também buscará construir conhecimento local a partir de uma perspectiva internacional do problema de Saúde Pública. Para tanto, serão utilizadas as diretrizes propostas pela Associação das Faculdades de Saúde Pública para o desenvolvimento do Doutorado na área.

Modalidade e horários

O programa de cursos para o doutorado tem uma carga de 500 horas divididas em quatro módulos quinzenais, que acontecem de seis em seis meses. O curso é, portanto, presencial, com uma freqüência quinzenal, de segunda-feira a sexta-feira de 08h30min às 19h (com intervalo para o almoço) e sábado de 08h às 13h, sendo ministrado na sede da UCES, em Buenos Aires. Ao final do curso o aluno tem dois anos para desenvolver uma tese sobre tema pertinente, para defesa perante banca em época oportuna. O Plano de estudos da carreira possui uma organização semi-estruturada. Os cursos somarão um total de 760 horas, não haverá menos de 500 horas presenciais. O Plano de estudos se integra com uma jornada estruturada de 250 horas, que definem a formação geral do Doutorando dentro de parâmetros atualizados rigorosos da pesquisa no campo da Saúde Pública, de modo que sirva como marco epistêmico e metodológico, qualquer seja o tema de interesse do Doutorando. A jornada personalizada do Plano de Estudos se integra com 260 horas que compõem o ciclo de formação específico.

 

Este ciclo é composto por seminários de doutoramento sobre temas da área das Ciências da Saúde Pública e está dividida em duas áreas destinadas a cobrir o campo que o título menciona, quais sejam: Área de Epidemiologia e área de Sistemas e Serviços da Saúde. O doutorando deve cumprir com suas obrigações correspondentes ao ciclo de formação específico, com a proposta aprovada pela comissão de doutorado de cada ano letivo. O aluno vai escolher seus seminários, considerando que deverá cumprir suas disciplinas eletivas com pelo menos 70% dos cursos focados na ênfase escolhida.

local das aulas

Aulas ministradas na sede da UCES – Universidade de Ciências Empresariais e Sociais, Paraguay 1401, C1061ABA CABA, Argentina.

Público Alvo

Graduados universitários em Medicina, Odontologia, Enfermagem, Bioquímica, Farmácia, Psicologia, Administração de Sistemas e Serviços de Saúde ou Graduados universitários de outras carreiras com título de pós-graduação em Mestrado em Administração de Serviços de Saúde, em Saúde Pública ou outras carreiras de pós-graduação voltadas para a área da Saúde Pública, como Advogados, Contadores Públicos ou Graduados em Administração.

VALIDAÇÃO NO BRASIL

CLIQUE AQUI e entenda como funciona todo o processo para a revalidação de diplomas estrangeiros no Brasil!

certificadora

UCES – Universidad de Ciencias Empresariales y Sociales

título

Doutor em Saúde Pública

Objetivos do Curso

O DOUTORADO EM PSICOLOGIA DA UCES pretende preencher uma lacuna na formação do psicólogo, aliando a formação teórico-prática que lhe é inerente com a ênfase nas questões metodológicas do campo empírico. Com efeito, constitui um déficit na formação atual do psicólogo não possuindo uma formação sólida no campo epistemológico-metodológico específico, o que reduz a força dos alicerces de qualquer projeto de pesquisa, e tem levado a vozes críticas questionando a falta de confiabilidade de muitas das publicações recentes. Na verdade, tentou-se substituir a discussão interna que leva ao desdobramento de uma epistemologia e metodologia específicas pela importação de soluções válidas em outros campos de pesquisa e conhecimento; mas, como consequência, corre-se o risco de perder de vista o fato de que a psicologia tem seus próprios parâmetros e critérios e que somente respeitando esses caminhos as investigações concretas terão validade e confiabilidade suficientes.

Este Doutorado insere-se no quadro epistemológico atual das tentativas de dar mais validade às pesquisas em andamento. Com isso, estamos basicamente nos referindo a questões científicas. No que se refere às vantagens acadêmicas, almejamos a criação de um círculo de pesquisadores e professores em torno deste doutorado que por sua vez gerem efeitos em outros campos, seja no campo da própria psicologia, seja em outros, direta ou indiretamente ligados com isso (educação, previdência, antropologia, história, sociologia, estudos artísticos e literários, economia, direito, para citar apenas alguns).

Por fim, no campo social, o desenvolvimento de pesquisas empíricas em diferentes campos concretos ajudará a esclarecer situações problemáticas específicas que são objeto de preocupação em diferentes áreas, desde a política e a educação até as questões jurídicas, sociais e econômicas.

metodologia

Os candidatos aceitos para o Doutorado em Saúde Pública devem ser aprovados nos cursos organizados pela Universidade de Ciências Sociais e Empresariais. Essas atividades serão planejadas de forma que possam ser concluídas em no mínimo 2 (dois) anos.

O aluno de Doutorado deve formular um Plano de Tese, que será revisado por um Orientador de Estudos. Após a aprovação do Plano, o aluno de Doutorado deve propor um Diretor de Tese e formular um Projeto de Tese. O Diretor de Tese pode ser o mesmo Orientador de Estudos ou outra pessoa, desde que seja doutorado ou grau máximo equivalente.

 

Os doutorandos que credenciam a formação geral como investigadores podem ser dispensados pela Comissão Doutoral até ao máximo de cem horas da primeira parte correspondente ao ciclo geral de formação, por terem obtido o grau de Mestre ou desenvolvido a carreira de investigação em organismos específicos, ou outras razões bem fundamentadas.

Perfil do Graduando

O Doutorando terá competência para:

* Investigar o impacto da legislação, regulamentos e políticas sobre a saúde da população.

* Investigar e avaliar o impacto das estratégias de comunicação para diferentes públicos do sistema de saúde para influenciar os diferentes níveis de social, modelos de software de comunicação baseada em evidências;

* Investigar e avaliar o impacto das políticas para melhorar e ampliar atendimento da comunidade local, considerando a influência de variáveis culturais e ambientais.

* Sintetizar e aplicar as teorias de gestão e investigação epidemiológica, a fim de promover a saúde da população.

* Sintetizar informações de várias fontes para uso em pesquisa e em diferentes campos de prática.

* Desenvolver sistemas de vigilância em saúde para monitorar a saúde da população, o patrimônio e os serviços de saúde pública.

* Aplicar as perspectivas teóricas e empíricas de diferentes disciplinas na concepção e implementação de programas, políticas e sistemas de saúde.

processo seletivo

Os interessados devem preencher o formulário de inscrição e anexar o currículo completo para análise, aos cuidados da Dra. Sandra Rezende, expondo a razão do seu interesse no curso e informando disponibilidade para entrevista, que poderá ser dispensada, excepcionalmente, à vista da documentação apresentada.

Campo de atuação

Área da Saúde Pública

conteúdo programático

PRIMEIRO ANO

• Epistemologia

• Metodologia da Investigação Geral

• Metodologia de Investigação em Psicologia Clínica

• Metodologia de Investigação em Psicologia Social

SEGUNDO ANO

• Atualização em temas e problemas da Psicologia e da Ciência Cognitiva

• Estudos de Gênero II

• Modelos cognitivos do pensamento e da compreensão

• Atualização em Avaliação Psicológica com Técnicas Protetivas

TUTORIAIS

• Tarefas de Formação e Investigação

• Trabalho de Acreditação Final – Tese

OBRIGATÓRIAS: As matérias obrigatórias compõem o ciclo estruturado da carreira. As mesmas compõem os créditos básicos de cada um dos quatro módulos da carreira, conforme regulamento do curso.

OPTATIVAS: O aluno deverá cumprir um mínimo de 10 créditos em seminários optativos. Em todos os casos as atividades optativas que cada aluno curse serão enquadradas por sua temática em um dos quatro módulos, de acordo com a organização acadêmica da carreira. A distribuição dos créditos deve permitir cumprir os créditos mínimos estabelecidos nos regulamentos da carreira para cada módulo.

Documentação necessária

1. Carta do candidato à universidade, expondo a razão do seu interesse no curso e solicitando sua admissão no programa escolhido;

2. Quatro fotos 3×4 (coloridas e recentes);

3. Duas fotocópias da carteira de identidade e cartão de inscrição no CPF autenticados;

4. Duas fotocópias da certidão de casamento autenticada em cartório para os casos de constar nome de solteiro (a) no diploma e no histórico de graduação;

5. Duas cópias do diploma de graduação autenticadas e com firma do Reitor (ou responsável que assinou o diploma) reconhecida em cartório;

6. Duas cópias do histórico de graduação autenticadas e com firma reconhecida da assinatura do responsável que assinou o histórico,

Os documentos solicitados nos itens (VI e VII) deverão ser chancelados no MRE.

7. Três vias do contrato de prestação de serviços devidamente preenchidas e assinadas.

Coordenação acadêmica

O corpo docente é formado por pesquisadores, doutores, mestres e especialistas titulados por grandes escolas nacionais e internacionais.
Além da formação acadêmica, possuem larga experiência profissional relativa ao programa que se apresenta.

Investimento

Enviar e-mail para diretoria1@redejuris.com ou 62 39566900 e 62 92534477 (whatsapp)

UNINVERSIDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E EMPRESARIAIS - UCES
0
Podemos Ajudar?